news subheader Notícias

ESTUDANTES DE PARAUAPEBAS SÃO PREMIADOS EM FEIRA INTERNACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Cinco projetos de ciência e tecnologia levaram estudantes de Parauapebas para a VIII Mostra de Ciência e Tecnologia da Escola Açaí (MCTEA), que ocorreu de 27 de novembro a 1° de dezembro, no município de Abaetetuba. Nessa quarta-feira, 5, os estudantes foram recebidos na Secretaria Municipal de Mineração, Energia, Ciência e Tecnologia (Semmect) pelo coordenador de Ciência e Tecnologia, Russuel Brasil, o secretário-adjunto, Wedson Azevedo e o secretário Flávio Veras.

Os estudantes da Escola Estadual de Ensino Médio Janela para o Mundo, do Instituto Federal do Pará (IFPA) e da Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra) foram credenciados para a referida feira após participação nas comemorações da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, realizada pela Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria de Mineração, Energia, Ciência e Tecnologia (Semmect).

O trabalho intitulado “Análise de Momento Aplicado à Guilhotina de Papel”, dos universitários da Ufra Jaciara Queiroz da Silva, Beatriz Nascimento e Adriel dos Santos levou o primeiro lugar da MCTEA. O feito garantiu a vaga do grupo para representar o município em uma feira mundial na cidade de Barcelona, Espanha, em 2018.

“Na feira de Abaetetuba trocamos experiências e competimos com outros países. Nossa ideia era inovar e mudar a vida do trabalhador que opera uma guilhotina. Era um sonho, não imaginávamos que iríamos chegar a tão longe. Até agora não caiu a ficha que nosso projeto foi credenciado para Barcelona”, comenta Jaciara Queiroz.

Outro projeto premiado foi dos alunos da Janela para o Mundo. A escola levou dois projetos de alunos do 3° ano do Ensino Médio para a feira. “Pra nós, foi um sucesso. É a primeira vez que uma escola pública representa o município em uma feira internacional e alcançamos o segundo lugar com o projeto Bomba de Pressão, Carneiro Hidráulico para Fonte de Água”, conta a coordenadora pedagógica Claudileia Santos.

“Foi uma experiência inesquecível. Conhecer novas pessoas e de outros países foi muito bom. Nosso trabalho ficou em segundo lugar. Trazer o prêmio para Parauapebas é uma felicidade muito grande. Quero continuar participando junto com a minha escola”, declarou o aluno Marcos Labres.

O Prêmio de Destaque ficou com o projeto intitulado “Sistema Sonoro de Alarme de Emergência Integrado ao Protetor Auricular para Locais de Elevada Poluição Sonora”, apresentado pelo aluno Gabriel Sales de Sousa, do curso técnico de eletroeletrônica, do IFPA.

Gabriel destaca o incentivo da Semmect para a participação na feira. “Nós precisávamos de alguém de fora da instituição para acreditar em nós e, esse foi o papel da secretaria, pois sem eles não teríamos como chegar à feira de Abaetetuba. O apoio foi fundamental nessa conquista”, finaliza o estudante.

Para o secretário de Mineração, Flávio Veras, investir em ciência e tecnologia é o caminho para uma Parauapebas melhor. “Temos vários talentos e estamos levando esses talentos para onde eles precisam desenvolver seu trabalho e dessa forma trazer os resultados que o município almeja. Acreditamos que em 2018 teremos mais investimentos na área de Ciência e Tecnologia e, dessa forma, alcançaremos mais pessoas”, destacou o secretário.

Texto: Liliane Diniz
Fotos: Piedade Ferreira
Assessoria de Comunicação - Ascom | PMP

 

Lido 48 vezes
Avalie este item
(0 votos)

ouvidoria 5

ATENÇÃO: Para uma melhor navegação utilizar google Chrome! Google Chrome logo

JoomShaper