news subheader Notícias

MORADORAS DO ALTO BONITO RECEBEM QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

 

Numa iniciativa da Sehab, elas participaram de curso de laticínios e podem criar cooperativa

Ao todo, 21 moradoras do Residencial Alto Bonito participaram do encerramento do curso de laticínios e derivados do leite, em evento realizado na última sexta-feira, 1º, no centro comunitário do empreendimento.

Com duração de cinco dias, o curso foi oferecido aos moradores do Alto Bonito gratuitamente, tendo sido inserido no Projeto Técnico Social (PTS) pela equipe de assistência social da Secretaria Municipal de Habitação (Sehab).

O PTS reúne ações de mobilização em comunidade para atividades de caráter social, educativa, ambiental, além de ações voltadas para a geração de emprego e renda.

Com a parceria entre a Prefeitura de Parauapebas, Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e Sindicato dos Produtores Rurais (Siproduz), a qualificação não gerou custos para a administração municipal. Por outro lado, as alunas aprenderam técnicas adequadas para a higienização na fabricação de alimentos e sobre o processo de tratamento térmico do leite, além da produção de alimentos diversificados e seguros para o consumo.

“É importante frisar que os alimentos produzidos aqui são totalmente livres de conservantes, garantindo um alimento saudável para quem consome e emprego e renda para quem produz”, argumentou Aécio Leite, tecnólogo em alimentos do Senar.

O tecnólogo acredita que as técnicas absorvidas pelas alunas possibilitarão até mesmo facilidade para a entrada no mercado de trabalho, pois o certificado de 40 horas do curso é reconhecido nacionalmente.

Aldeci Bezerra, uma das alunas, afirmou que abraçou a oportunidade: “Esta foi uma oportunidade muito boa para mim e minhas parceiras, pois nós podemos ter agora mais uma alternativa para ter renda. Isso é fundamental para as mulheres”, avaliou.

COOPERATIVA À VISTA

O objetivo agora é montar uma cooperativa entre as moradoras. Para isso, foi recepcionado também o apoio da Secretaria de Planejamento (Seplan) para auxiliar as moradoras juntamente com a Sehab e dar início ao processo. O espaço do centro comunitário pode ser utilizado para concretizar o projeto.

Para o secretário de Habitação, Cristhian Miranda, proporcionar este tipo de aprendizado é mais um dos importantes papeis da pasta: “A habitação tem esse papel fundamental através desse apoio técnico do PTS. E quem sabe lá na frente elas não se tornem empresárias, trazendo desenvolvimento para a comunidade onde moram? Tomara que sim, estamos torcendo”, disse.

Outros cursos estão programados para ser realizados para os moradores do Alto Bonito em 2018, com a implantação da gestão condominial.


Texto: Jéssica Diniz
Fotos: Piedade Ferreira
Assessoria de Comunicação - Ascom | PMP


Lido 62 vezes
Avalie este item
(0 votos)

ouvidoria 5

ATENÇÃO: Para uma melhor navegação utilizar google Chrome! Google Chrome logo

JoomShaper