news subheader Notícias

JOVENS DE PARAUAPEBAS GANHAM ATENÇÃO E ESPAÇO NAS POLÍTICAS PÚBLICAS

Parauapebas ainda é bem jovem, e, no momento em que a cidade completa 29 anos de emancipação, a juventude do município finalmente começa a ganhar atenção e espaço a partir de políticas públicas que estão sendo construídas pela prefeitura por meio da Coordenadoria Municipal da Juventude (CMJ).

Uma programação especial foi preparada para os jovens neste mês, para marcar o aniversário de Parauapebas. Mas, como diz o coordenador da Juventude, Rafael Ribeiro, isso é apenas o começo do muito que ainda tem por vir. “Havia um vácuo na política de Parauapebas porque o jovem praticamente não estava inserido em nada. E queremos reverter isso tornando nossos jovens partícipes do crescimento da nossa cidade. Ao mesmo tempo garantindo a eles todos os direitos que têm”, destaca Ribeiro.

Neste sábado, 6, a CMJ vai realizar durante todo o dia a Caravana da Juventude, numa das ações para envolver os jovens nos mais diversos tipos de atividades. A Caravana vai oferecer oficinas, curso de Formação Política Estudantil, atividades esportivas e workshop sobre cultura e negócio. Também haverá apresentações culturais e show com cantores locais.

Na ocasião, Rafael Ribeiro já vai começar a emitir o Identidade Jovem ou simplesmente ID Jovem, programa do governo federal para quem tem entre 15 e 29 anos e é de família com renda de até dois salários mínimos. O ID Jovem assegura meia-entrada em eventos artístico-culturais e esportivos e na compra de passagem em transporte coletivo interestadual (ônibus, trem e embarcação), entre outros benefícios.

Em Parauapebas, 10.921 jovens têm direito ao ID, segundo dados da Secretaria Nacional da Juventude. “É um número expressivo, mas a grande maioria desses jovens não conhece o programa, portanto, não sabe que pode ter os benefícios e de forma bem simples, sem burocracia. A identidade pode ser baixada, inclusive, no próprio celular. Então, a CMJ vai fazer um grande trabalho para divulgar esse direito”, adianta Rafael Ribeiro. 

Como parte das comemorações de aniversário, no dia 23 deste mês será lançado o Comitê Municipal do ID Jovem, quando haverá assinatura da Ordem de Serviço do Diagnóstico Municipal da Juventude. A Secretaria Nacional da Juventude vai mandar um representante para falar sobre o assunto. “O Identidade Jovem, apesar de ser do Governo Federal, só vai ter sua eficácia se tiver participação efetiva do Estado e dos municípios na operacionalização do programa”, diz Raimundo Rodrigues, coordenador do Propaz Juventude, no Pará, que esteve em Parauapebas este mês, para conversar com Rafael Ribeiro sobre a capacitação dos servidores da CMJ, para lidar com o programa.

CIDADANIA E ESPORTE

Além de realizar a Caravana, a CMJ vai realizar no dia 12 deste mês o 1º Encontro com a Juventude do Segmento Esportivo. Aliás, tem sido preocupação da Coordenadoria se reunir com todos os segmentos de jovens. De janeiro para cá, foram realizados cinco encontros: com a juventude do campo, do segmento cultural, com a juventude cristã, com os estudantes secundaristas e com a juventude universitária.

“Agora, nós queremos saber o que os jovens esperam do governo na área de esporte. Sabemos que Parauapebas tem muitas carências e então queremos dialogar com essa turma porque é assim que a gente vai construindo a política jovem”, adianta Rafael Ribeiro, para acrescentar que a Coordenadoria, inclusive, já vem realizando a Copa CMJ, que terá a 2ª rodada nos dias 13 e 14 deste mês, e a 3ª nos dias 20 e 21.

Outra grande realização da CMJ será a inauguração, no próximo dia 19, do Balcão da Juventude, que vai funcionar no Center Cidade Nova, de segunda à sexta-feira, das 10h às 20h. “O balcão vai integrar todas as secretarias que têm políticas voltadas para o jovem, como da saúde, da cultura, da mulher. A ideia é unificar tudo num só espaço para facilitar o atendimento”, diz Rafael Ribeiro.

No balcão, os jovens irão pegar encaminhamento para ser atendidos naquilo que precisam, como para retirar documentos, receber orientação vocacional, inscrever-se em cursos e oficinas e mais um leque de opções dentro daquilo que é direcionado para a juventude.

EMPREGO E RENDA

Rafael Ribeiro diz que um dos maiores desafios a ser enfrentados será o de abrir espaço para os jovens no mercado de trabalho. Mais ainda num dos piores momentos econômicos do País. Saídas estão sendo procuradas. E uma delas já foi encontrada: garantir que toda empresa fixada em Parauapebas reserve 15% de suas vagas para os jovens.

“Esse foi um pacto que o prefeito Darci fez com os jovens, e já estamos elaborando projeto de lei fixando esse percentual de vagas para eles. A princípio, vai contemplar o jovem de baixa renda, que é quem tem mais dificuldade para conseguir trabalho”, antecipa o coordenador da CMJ, que não esconde animação com o trabalho que vem desenvolvendo com a juventude de Parauapebas. “Sabemos que todo jovem quer atenção e está certo. Os jovens só estavam precisando que alguém olhasse para eles. E isso o nosso governo está fazendo. É só o começo porque muita coisa boa vem pela frente”, afirma Ribeiro.

Texto: Hanny Amoras
Fotos: Arquivo | Ascom
Assessoria de Comunicação - Ascom | PMP

 

Lido 677 vezes
Avalie este item
(3 votos)

ouvidoria 5

ctic

ATENÇÃO: Para uma melhor navegação utilizar google Chrome! Google Chrome logo

JoomShaper