news subheader Notícias

PREFEITURA SE REÚNE COM SINDICATOS E DISCUTE SOBRE REFORMA ADMINISTRATIVA

A Prefeitura de Parauapebas deu o ‘ponta pé inicial’ no diálogo com os sindicatos que representam os servidores públicos do município em reunião realizada nesta quinta-feira, 23, na sede do Sinseppar (Sindicato dos Servidores Públicos de Parauapebas).

Compondo a mesa de conversas, estavam presentes os representantes da Secretaria Municipal de Planejamento (Seplan), da Secretaria Municipal de Administração (Semad), além do chefe de gabinete da Prefeitura de Parauapebas, Edson Bonetti.

O Sinseppar (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Parauapebas), o Sindmepa (Sindicato dos Médicos dos Pará), Sintepp (Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública no Pará) e Senpa (Sindicato dos Enfermeiros do Estado do Pará) apresentaram inicialmente duas pautas unificadas para todas as categorias: reajuste salarial e realização de concurso público. No decorrer da reunião, foram discutidas também pautas específicas de cada categoria.

O governo declarou estar aberto ao diálogo com as categorias para juntos chegar a soluções adequadas, frisando que a equipe de governo está empenhada em enviar, em pelo menos 120 dias, a proposta de reforma administrativa à Câmara Municipal para que entre em discussão na Casa de Leis.

Sendo assim, a gestão acredita que muitos setores da administração municipal que atualmente funcionam sem regulação própria poderão, em breve, funcionar de forma que possibilite readequar o trabalho dos próprios servidores e de todo o funcionalismo público.

Os sindicatos apresentaram proposta de reajuste salarial de 15%, o que representa reajuste inflacionário com ganho real, além de 15% sobre o vale alimentação. Também foi apresentada a proposta para a realização de concursos públicos para cargos específicos.

Este ano, a prefeitura já convocou candidatos classificados em concurso público realizado para preencher o quadro de servidores do Saaep (Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Parauapebas). A reforma administrativa apresentada pela gestão possibilitaria ter condições mais adequadas para encontrar a melhor forma para atender a proposta das categorias.

A partir de agora, a prefeitura irá analisar as propostas de reajuste, tendo em vista que os sindicatos consideram que a inflação praticada no estado ultrapassa 10%, enquanto que os últimos dados inflacionários nacionais mostram inflação de apenas 5,35%. Ao fim da reunião, ficou marcado um novo encontro para o próximo dia 16 de março, onde o governo irá apresentar sua contra proposta.

Jéssica Diniz
Assessoria de Comunicação | PMP

Fotos: Matheus Costa | PMP




Lido 1722 vezes
Avalie este item
(1 Voto)

ouvidoria 5

ctic

ATENÇÃO: Para uma melhor navegação utilizar google Chrome! Google Chrome logo

JoomShaper